a a a

27.3.07

Vale do Paraíba (13/02/07)

A região é, por um lado, termo novo. Esse nome, essa flor, esse nome da rosa desconhecida, até pouco. Mas é um lugar de memórias. Já estivemos algumas vezes, quando estudantes, coisa de Movimento estudantil (a gente inclusive se conheceu em Taubaté, de dois beijinhos, nada especial...). E, por um lado, se é São Paulo, por outro é Vale. E vale muito para quem está, quem vive lá: muitos de outros cantos, vindos de outras cidades. É mesmo uma flor de nome, poesia a serra no fundo da rua. E ainda tem sanduíche enorme, qualquer um com milho, ervilha, purê de batata, batata palha, queijo, presunto, tomate, alface.
Estávamos mesmo obstinados a comer o tal lanche, à memória de nossas visitas de outrora. Mas, apenas visitamos a UNITAU, em primeiro momento. Sem tantos estudantes como nos foi acostumado o olho, mas o mesmo ar. Plantas crescidas, paredes de novos tons. Vigor na ferida do peito, por saudade adormecida pelo toque despertada...

[cidade como bairro]

E seguimos para Tremembé, ali do lado, onde ficava a casa de nosso mais novo acolhedor. Como não fomos felizes na busca do sanduíche em Taubaté (na praça Santa Teresinha, onde era recorrente, só apareciam as carrocinhas depois das sete da noite), fomos continuar busca pelas redondezas. E foi no desfrute que reencontramos nosso querido, ele foi nos buscar de bicicleta na lanchonete.

Muita informação, logo de cara. Conhecemos o outro morador da casa e um amigo deles. E conhecemos também o Honório, mais um cachorro para se apaixonar. Tomamos café e conversamos. Conversas de reconhecimento: para atar convívio interrompido pelo tempo e para ilustrar-se a si, para novos olhos. Como se pinta a própria imagem? Um casal de fusca? Arquitetos? Nordestinos? Viventes de Maracatu? Tinta fresca para novos retratos...

[Tremembé é como um bairro de Taubaté, em hierarquia de tamanho e equipamentos urbanos, além da relação amiúde que há, das pessoas e dos lugares]


no centro
konidomo

pra chegar no novo lar
konidomo

pela cidade
konidomo
a

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home