a a a

26.12.06

estrada rumo Sergipe (19/12/06)

Alagoas é cheiro de melaço, na estrada e às vezes na cidade. Vimos canaviais e sentimos que estávamos abandonando o Estado quando isso se tornou rarefeito. E apenas paramos numa cidadezinha, por conta da fome. Nossa farofa de carne de sol havia mofado...

Paramos em Coruripe, na Praça dos quiosques e fomos à 'barraca de Belém' – assim se chamava o lugar onde compramos pão com ovo e complementos.

A partir de então, estávamos obstinados a seguir o Rio São Francisco, à procura de sua Foz. Entramos várias vezes em cidades, orientados por indicações de placas. Acabávamos voltando, pois sempre aparecia alguém para dissuadir, já que a estrada estava sem acesso.

[Anjos, aparecem no caminho e conduzem, é ciência de peregrinos, quem não crê nos instintos, leva balão na estrada...]

Finalmente encontramos o 'Chico' em Piaçabuçu, cidade de valor histórico e geográfico, só indo lá para ver, para sentir... Seguimos em frente e paramos em Penedo, já era noite, denúncia de ficar, ver melhor no outro dia, com a luz do sol.



tentando chegar à Foz
Image Hosted by ImageShack.us

tecnologias criativas
Image Hosted by ImageShack.us


encontrando o Velho Chico em Piaçabuçu
Image Hosted by ImageShack.us
a

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home