a a a

23.4.08

para desparafusar ... o coração ... está aberto o nosso espaço sideral ... tal qual fizemos antes em outra dimensão ... al revés ... ao invés ... do outro lado ... do lado de cá ... ou do lado de lá ... da ilusão ... para desparafusar ... desconstruir desordenar desdesenhar desativar desobrigar descoordenar desestruturar desubicar... qualquer razão ... tal qual abrir-se vulnerável ao mal ao mau ao bem ... além ... o bem e o mal casados com separação de bens ... irrevogável intransferível indiscutível inevitável abrir-se para o sol e não se abrir para a fumaça também ... o cheiro o ruído o imprevisível e improvável também (sempre pode acontecer) ... manhatan no cine club as 11 ... depois de tanta mente usada e revirada reusada refogada com óleo quente ... revivo as estruturas cerebrais ... reviro suas certezas reais ... recrio nossas alianças sociais ... enfático ... se mesmo o tempo se contradiz, esquenta esfria, para despreparar a sua estética ... para escandalizar sua oração ... desplanejar desarranjar desconsertar sua intuição ... mais alheia que não ... Oxalá se caiam todas as paredes e o lar fique nu ... para desparafusar qualquer razão ... ainda que não exista ainda instrumentos verbais para expressar o pensamento caroço de feijão ... em formação ... porque ainda está ainda e é prematuro trazer as frases feitas do colchão ... a dialética do diálogo imaginado do discurso decorado de travesseiro ... mais vale o súbito ainda que desparafusado desconcertado desastrado como elogio ... como espelho ... eu brindo pelo ser humano atrapalhado por excelência por ser difícil sê-lo; embora hoje esteja um pouco de moda, o belo ainda busca a perfeição ... ainda que dentro deste estilo mas artificialmente idealizado perfeitamente imperfeito ... para desparafusar ... o teatro faz reaparições ... que interprete essa figura que dou no seu discernimento ... erre na leitura ágil ... erre na inegável incontestável indiscutível impressão (minha crônica menção ao poliedro) ... que Chet encha um pouco mais a alma de todos os que sentimos demasiado ... para desparafusar – também – a emoção ... e que venha à Córdoba o rei, Roberto Carlos (!) ... e que cantemos em casa ‘pé quente cabeça fria’ dos doces bárbaros ...

["(...) pé quente cabeça fria / saia despreocupado você pode conquistar o mundo desta vez/ pé quente cabeça fria / saia despreocupado faca tudo que você queria e nunca fez(...)"]

a

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home