a a a

19.4.07

lar Jurerê (25/03/07)

Domingo foi o fim. E não sabíamos para onde íamos. Até que ela chegou, ainda quando dormíamos. E colocou a cabeça dentro da barraca e esperou que despertássemos.

Era nossa amiga, que encontramos no primeiro dia em Florianópolis, a Sumara. Ela nos convidou para um passeio, mas estávamos acordando, ainda desorientados. Precisávamos ainda arrumar tudo, deixamos para depois. Ela ficou de voltar no fim da tarde e nos convidou para ficarmos em sua casa. Delícia. Ela mora em Jurerê, praia ao norte da Ilha. Perfeito. Mais que perfeito para dois desabrigados.

E quando chegamos lá, era o cheiro da paz no ar. Perfume de flores, de chá, de marcela, de jasmim, mesa posta, aconchego. Aconchego.


pra mudar de flor
konidomo
a

2 Comments:

Anonymous sumara said...

ei que lindo issu...
é daqui?
a sensibilidade do konidomo me enche de satisfação.
casal carregado de amor e surpresas.
saudades...

6:28 AM  
Anonymous Anônimo said...

E aí Sumara!
É na frente da tua casa em Jurerê, aquele pé de pau bonito, da fulô colorida.
Valeu os comentários, o carinho e a tudo mais, por aqui a gente segue com a lembrança dos tempos bons de Floripa!!!!

11:20 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home