a a a

28.2.07

nosso trabalho (29/01/07)

Encontrar abrigo. Abraçar. Acomodar-se. Sintonizar-se. Observar. Interagir. Desenhar, escrever, diário de bordo. Observar. Fotografar. Participar das dinâmicas. Perceber. Sentir sempre. Registrar hora e outra. Ver. Filtrar. Decantar. Sentir fundo. Concentrar-se. Conectar-se com o mundo. Internet. Anotar as impressões no Caderno de Caracterização. Participar. Ajudar nas organizações. As logísticas. Arrumações da casa. Entender os métodos. Entender as cores. Entender as disposições das coisas. Observar. O fluxo. O modo. Adaptar-se. Neutralizar-se. Anular-se, se preciso. Pôr as lentes. Enxergar aquilo. Optar pelo belo. Levar ao mundo o belo. Registrar. Captar informações. Acerca dos lugares à frente. Acerca de possíveis pousos. Acerca dos acontecimentos. Blog. Expor bastidores. Pesquisar. Não fechar colchetes. Abrir novos. Não interpretar. Não concluir. Não julgar. Assimilar. Perceber. Compreender. Conferir o caderno de caracterização com o observado. Acertar. Corrigir. Fechar. Deixar aberto. Mais retratos. Mais desenhos. Atualizar o Blog. Escrever os tópicos. Inserir imagens. Postar. Procurar comentários. Dissipar informações. Dar entrevistas. Responder. Explicar. Divulgar. Improvisar. Dar os pulos. Dar a cara. Dar as cartas. Gastar o mínimo. Usar o mínimo. Levar o mínimo. Ser prático. Organizar o tempo. Ajustar ao calendário. Fugir das datas comemorativas na estrada. Procurar novo pouso. Arrumar bagagens. Deixar um carinho. Deixar uma semente de Helicônia. Encher garrafas d’água para a estrada. Estudar caminhos. Calcular quilometragens. Avaliar o carro. Avaliar o tempo. Avaliar as circunstâncias. Recolher pedaços. Despedir-se. Abraçar-se. Intuir. Arriscar-se. Tomar cuidado. Tomar água. Tomar ar. Respirar. Refazer-se. Diário de bordo em movimento. Mapa no colo todo o tempo. Interpretar o caminho. Admirar. Sintonizar-se. Ouvir um som. Ver o pitoresco. Imagens rápidas. Cenas que vão. Que ficam. Sentir-se livre. Abastecer. Recarregar-se. Escolher. Seguir. Sentir. Ir. Até chegar mais uma vez.



nosso trabalho
konidomo
fragmento da obra exposta no hall de entrada da Escola da Cidade (São Paulo, região central. Autor da obra: José Roberto Aguilar)

a

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

ola dois,
a obra é do artista plastico José Roberto Aguilar e foi realisada durante uma festa organizada pela diretoria da associaçao de ensino de arquitetura e urbanismo de São Paulo - Escola da Cidade, na choperia Continental.

bjos
Lucas

2:51 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home