a a a

30.1.07

como gente de ‘globo repórter’ ( 14/01/ 07)

A vida de nossa acolhedora era assim: de segunda a quinta na mata, numa Reserva biológica da região (Reserva Biológica de Una). Nunca havíamos conhecido, assim tão de perto, uma dessas pessoas de reportagem de Globo Repórter... Ela era de Botucatu-SP, veterinária, e trabalhava em Ilhéus, observando ‘Mico-leão de cara dourada’, uma espécie que só há no local (pois como aprendemos com ela, os micos são únicos em cada lugar do mundo, cada espécie só é encontrada numa determinada região).

Ela trabalha numa ONG, chamada IESB (Instituto de Estudos Sócio-ambientais na Bahia), atuando em vários projetos. Conversamos boa parte da manhã, antes dos seus assistentes virem buscá-la. Ela falou dos animais, do seu amor pela atividade, da dinâmica, das capturas, das técnicas, tudo isso enquanto aguava pequenas mudas dentro de uma caixa. Ela explicou que recolhia as fezes dos micos, catava as sementes e replantava depois, de modo a identificar a alimentação deles. Observação comportamental, acerca da dieta, um dos projetos em que estava envolvida.

E era assim toda semana: ela ia na segunda e voltava na quinta. Acordava às 3 da manhã e corria atrás dos micos, mas cada semana para uma fase da pesquisa. E ao que pareceu, ela gostava tanto, que até estando em casa, colocava frutas para ver as espécies de pássaros que apareciam. O que o paladar deles mais apreciava. Via-se que era um trabalho difícil, que demandava muita responsabilidade e vontade. Ela falou do desgaste, das dificuldades, das agruras, mas até nesses instantes, víamos em seus olhos aquele brilho peculiar. Do que se quer fazer na vida. Do que se busca. Da vontade de importar para o mundo, fazer algo realmente valioso, necessário. Poder contribuir, dar as digitais ao tempo. E ficamos encantados com sua dedicação, com suas palavras, com sua natureza. Atipicidade é pouco para descrever. E obstinação também. Amor, nem se fala.

[ a certa hora, lembrou-se do cacau que fizera ontem - doce de cupuaçu com chocolate de cacau - chocolate natural, feito de cacau mesmo! E a gente saboreou também esta delícia..]



[Lílian Catennacci]
konidomo

projeto
konidomo

UNA
konidomo

entrevista
konidomo

berçário
konidomo

acompanhamentos
konidomo

equipe
konidomo
a

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home