a a a

13.12.06

Menor casa [Menopausa] de Olinda (07/12/06)

Tempos férteis e produtivos. Depois do dia instrutivo e bastante propício à reflexão, fomos para uma nova fonte, de modo a conhecer a Menor Casa de Olinda. Era lá em Olinda (como o nome diz) e estava havendo uma exposição (mais uma!). Havia muita gente interessante, boa conversa, boa arquitetura, bons ares. O clichê de Olinda: ruas charmosas, gente de todo canto que ficou por lá. A casa era ainda mais surpreendente que todo o entorno: uma casa mínima de espaço mais máxima em expressão. Um triângulo, restos de loteamento (quem sabe?), minimalista em extremo, economia de espaço e aproveitamento absurdo de cada canto. Um esbaldamento para arquitetos, uma lição para projetos. Era uma casa, antes, mas agora funciona como apoio, ateliê, espaço para mostras. Tão pequena que é básica e múltipla, difícil assimilar, fácil de ver, plantas e céu até, surpresas em toda parte.

[proprietários: Fernando e Irma]

a

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home