a a a

31.8.07

cumpleaños (24/07/07)

Dia de banho. Fila longa, tempo para fazer brigadeiro. Tempo para comprar o ingresso do filme. Dia de festa: pipoca para ir ao cinema. Dia de criança: raspar o brigadeiro da panela. Festa com pizza e muitos convidados. Muitos novos conhecidos. Dia de protagonista: presentes, felicitações, copo cheio, só agrados. Alegria, em pensar nos queridos distantes, apagar uma vela imaginária, fazer um pedido e estar, categoricamente num brinde próprio. Reveillon pessoal e intransferível, de um mistério íntimo, preciso, pronto para receber, no meio da testa, o sol.

dia de
konidomo

28
konidomo

[ecossistema]

Uma doga argentina do lado de lá da grade, no vizinho. Hundur – apelido dela na casa - linda e solitária, grande, meiga e contraditoriamente assustadora. Uma poodle do outro lado, outro vizinho, sempre presa e sofrida, em frio e sede, de uma tristeza terrível. Uma doga argentina do lado de cá, Bonarda, ainda um dogo bebê, de 4 meses. Fúria Turbina Tropical, um mestiço, cachorro inteligentíssimo, independente, de uma brandura admirável. E Farinelli, o malandro, gato cantante que não perdoa restos de comida ou pratos sofisticados esquecidos por alguns minutos sobre a mesa. Pé de pomelos – fruta local, pé de louro, pé de burro – perfeito para o chimarrão e ótimo para perfumar o ambiente. Cactos, o clima é seco, tempo de galhos, inverno longo e com rigor.

a banda
konidomo


cupim
konidomo


borralheira
konidomo


recompor
konidomo


realeza
konidomo


crescente
konidomo
a

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home